Quais EPIs usar ao trabalhar em andaimes?

EPIs são muito importantes em qualquer serviço que envolva riscos a integridade física dos colaboradores. Principalmente em trabalhos verticais, onde o perigo de acidentes graves ou fatais é ainda maior. Uma maneira de minimizar esses riscos é usar EPIs ao trabalhar em adaimes.

Neste post vamos falar sobre cuidados especiais que precisam ser lembrados por todos ao trabalhar com acessos verticais e quais equipamentos são de uso obrigatório.

O que é o trabalho em altura?

Trabalhos em altura são todos aqueles executados em alturas superiores a 2 metros do solo. Eles são considerados uma atividade de alto risco onde, estatisticamente, acontece o maior número de mortes de trabalhadores devido às quedas, tanto de pessoas, quanto de materiais. E é exatamente por isso que precisam ser observados com atenção extra, sejam eles realizados em andaimes ou plataformas.

Cuidados indispensáveis ao trabalhar em andaimes

O uso de EPIs ao trabalhar em andaimes é essencial e obrigatório, pois eles ajudam a prevenir e protegem os trabalhadores contra indesejáveis acidentes.

Em cada local da obra pode ser indicado o uso de diferentes EPIs. E isso deve estar muito bem sinalizado, de forma clara, obejtiva e simples, para que todos que circulem naquele espaço entendam com facilidade.

Em andaimes, o cuidado deve ser redobrado. A altura do solo deixa a atividade ainda mais perigosa e por isso os riscos são maiores. Além da atenção a montagem do equipamento em si, é preciso respeitar rigorosamente o uso dos EPIs, como capacetes e cintos de segurança.

EPIs de uso obrigatório

Os EPIs ao trabalhar em andaimes não são de uso obrigatório atoa. É preciso que todos os colaboradores estejam conscientes que o uso dos EPIs é para garantir sua própria segurança. Isso deve ser visto como uma rotina para que se torne um comportamento natural

Segundo a NR 06 (Norma Regulamentadora 06), os EPIs obrigatórios em trabalhos com diferença de nível são:

  • Cinto de segurança para trabalho em alturas superiores a 2 metros onde haja risco de queda.
  • Cadeira suspensa para trabalho em alturas em que haja necessidade de deslocamento vertical, quando a natureza do trabalho assim o indicar.
  • Trava-queda de segurança acoplada ao cinto de segurança ligado a um cabo independente para os trabalhos realizados com movimentação vertical em andaimes suspensos.

Outros equipamentos recomendados, de acordo com a tarefa executada, são:

  • Cinto porta-objetos: para guardar as ferramentas necessárias na altura da cintura. Assim, as mãos ficarão livres para movimentar-se sobre o andaime.
  • Capacete: protege a cabeça caso algum material caia.
  • Botas antiderrapantes: para evitar escorregadas e proteger os pés.
  • Luvas: protegem as mãos e auxiliam na subida.
  • Óculos de proteção: evitam que fagulhas e respingos caiam nos olhos.

Lembre-se: esses esquipamentos podem evitar graves acidentes e salvar vidas. Não existe trabalho tão urgente que não possa respeitar as normas de segurança. E se precisar realizar trabalhos em altura com confança, entre em contato com a Altura Andaimes.

Escreva um comentário:

*

Seu e-mail não sera divulgado.

2016 ® Altura Andaimes - Todos os direitos reservados.